Publicidade
Acompanhe:
Opinião

Você não entende nada

Por Adriana Zottis
Última atualização: 18.11.2019 às 09:05

O escritor Bernard Shaw talvez tenha escrito a frase que melhor ilustra o eterno drama daqueles que comunicam, ou seja, todos nós. Disse ele, magistralmente, que "o problema da comunicação é a ilusão de que ela foi bem entendida". Quem me garante que quando digo gato - pensando num filhote branquinho - meu interlocutor não imaginará um velho bichano preto? Se formos juntando cada mal entendido que acontece por aí, concluiremos que estamos mesmo mergulhados em um mar de ilusões.

A lógica do telefone sem fio, em que a mensagem vai se desconstruindo a cada nova interpretação pode até fazer sentido. Mas será que, na prática, a comunicação se dá dessa forma linear? Recebo uma mensagem, interpreto e a repasso numa linha reta até que o último da fila provoque o desastre inevitável? Suspeito que a coisa seja um pouco mais complexa. E que o tal telefone sem fio seja na verdade um dispositivo "instalado" em cada um de nós, que insiste em falhar basicamente em duas situações.

Quando negligenciamos a importância e o poder da informação que vamos transmitir para alguém. Ou quando menosprezamos - e não damos a devida atenção - à informação que alguém está tentando nos transmitir. Ou ambas ao mesmo tempo. Nesse caso, o que era pra ser comunicação pode até acabar em tragédia.

Ainda que a gente consiga amenizar essas "falhas", nada garante que a essência da mensagem não se perderá no turbilhão incontrolável dos nossos filtros mentais e da nossa interpretação. É, eu disse incontrolável. Portanto, ainda não é possível empacotar um ideia e colocá-la intacta dentro do cérebro de alguém, fazendo-o compreender "exatamente" o que eu quero que ele compreenda. E sejamos sinceros. Tem horas que nem a gente sabe bem o que quer dizer.... Aí, pobre do interlocutor, né? Não me engano. Quase sempre, como disse Shaw, comunicação é ilusão. Ou como bem falou Caetano Veloso, as pessoas geralmente não estão "entendendo quase nada do que eu digo".

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.