Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Estudo

Pesquisadores da Feevale investigam tendências de consumo dos gaúchos na pandemia

Com o auxílio de 15 pesquisadores, entre bolsistas e voluntários, o mapeamento será disponibilizado para todas as regiões do Rio Grande do Sul.

Publicado em: 22.06.2021 às 18:53 Última atualização: 22.06.2021 às 18:57

O aumento no acesso digital da população brasileira em meio à pandemia de Covid-19 deu vida a uma nova pesquisa científica na Universidade Feevale, em Novo Hamburgo (RS). O estudo, promovido pelo Centro de Design e o Laboratório de Criatividade da instituição, pretende investigar como estão sendo as tendências de consumo online dos gaúchos. O formulário responsável pelo mapeamento ficará disponível para a captação de respostas a partir desta segunda-feira (21). A iniciativa é coordenada pelos professores Cristiano Max Pereira Pinheiro, Renata Fratton Noronha e Vanessa Valiati, em parceria com o programa RS Criativo, do governo estadual.

Com o auxílio de 15 pesquisadores, entre bolsistas e voluntários, o mapeamento será disponibilizado para todas as regiões do Rio Grande do Sul. Foto: hamonazaryan1-Pixabay/Divulgação

O monitoramento das mudanças comportamentais dos consumidores é uma característica analisada constantemente pelo Centro de Design, que identifica e compila diversos resultados encontrados ao longo do ano. No entanto, segundo a coordenadora do grupo, professora Renata Fratton Noronha, a investigação atual busca avançar no desenvolvimento regional da indústria criativa. “As tendências são previsões que surgem a partir de alterações no consumo. Por isso, queremos transformar a pesquisa comportamental em um estudo que possa refletir sobre a nossa realidade, principalmente quando se fala em setores criativos”, explica.

Para o coordenador do Mestrado Profissional em Indústria Criativa e do Laboratório de Criatividade, professor Cristiano Max Pereira Pinheiro, a parceria entre os grupos elucida um trabalho em conjunto realizado por diversos segmentos acadêmicos e profissionais ligados à indústria criativa da Feevale. “Essas parcerias acadêmicas e científicas fortalecem nossos elos em busca do mesmo objetivo. As pesquisas de consumo precisam de constante atualização para colaborar cada vez mais com o mercado, a graduação e aprofundar debates na instituição e sociedade”, afirma.

Com o auxílio de 15 pesquisadores, entre bolsistas e voluntários, o mapeamento será disponibilizado para todas as regiões do Rio Grande do Sul. A professora Vanessa Valiati, do Mestrado em Indústria Criativa, esclarece que os resultados podem facilitar a compreensão em relação aos comportamentos de consumo e compra da sociedade gaúcha. “A partir de uma análise aprofundada desses dados torna-se possível, tanto para o mercado como para a academia, o desenvolvimento de novos produtos e a ampliação do debate sobre a inovação nos setores criativos, com base na realidade regional", pontua.

Para participar da pesquisa, clique aqui.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.