Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Rio Grande do Sul Na Cúpula do Mercosul

Prefeito de Bento Gonçalves pedirá a Bolsonaro extensão da BR-448 até Portão

Demanda atende a propósito dos vales do Sinos, Caí e Serra

Por João Victor Torres
Última atualização: 04.12.2019 às 13:48

BR-448 é uma das alternativas à BR-116, no trecho metropolitano Foto: Arquivo/GES
Entre a reunião da cúpula do Mercosul, nesta quinta-feira (5), com os chefes de Estado, no Spa do Vinho, em Bento Gonçalves, uma pauta regional comum a três localidades será levada ao presidente Jair Bolsonaro. Em meio a acordos bilaterais ou tratados de cooperação envolvendo integrantes do bloco econômico sul-americano, o prefeito anfitrião Guilherme Pasin (PP) pretende tratar sobre a extensão da BR-448, conhecida como a Rodovia do Parque, até o município de Portão.

Guilherme Pasin (PP), prefeito Bento Gonçalves Foto: João Victor Torres/ GES-Especial
Segundo ele, que demonstra bastante esperança em sensibilizar o governo federal da necessidade desta ampliação no trecho pavimentado da rodovia, o tema é tratado como ponto chave para o desenvolvimento de uma trinca de regiões: os vales do Sinos, Caí e Serra. Na sua ótica, além dos municípios geograficamente mais próximos a Porto Alegre, caienses e serranos serão amplamente beneficiados com o escoamento da produção que poderá ser proporcionado. De quebra, a distância no deslocamento até a capital será encurtada.

“É prioridade para o Rio Grande do Sul e resolverá 95% dos nossos problemas”, comenta o progressista. Pasin cita, por exemplo, entraves como os gargalos enfrentados na BR-116, especialmente no trecho da Scharlau, em São Leopoldo, quando veículos de carga e passeio deixa a RS-240 e ingressam na estrada federal.

O pleito

Em paralelo, os estudos técnicos e de viabilidade para ampliação de 18,7 quilômetros da 448 estão em andamento atualmente. O prefeito de Bento, que na ocasião representará o grupo Juntos pela 448, frisa que o objetivo é alinhavar junto Bolsonaro para que as obras possam começar em 2021. “A intenção é que sejam alocados recursos”, complementa Pasin.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.