Publicidade
Notícias | Região Tá frio pra todo mundo

Animais de zoológico recebem dieta reforçada e fazem exercício para enfrentar o frio

Gramadozoo, localizado em Gramado, onde nevou nesta quarta-feira, adota uma série de medidas para manter bem-estar dos animais mesmo no frio

Publicado em: 28.07.2021 às 17:22 Última atualização: 28.07.2021 às 17:32

O Gramadozoo, zoológico localizado em Gramado, adotou uma série de cuidados especiais com os animais em virtude do frio intenso. Os pequenos flocos de neve registrados na Serra Gaúcha nesta quarta-feira, dia 28, não prejudicaram o bem-estar das espécies que vivem no parque. Na parte da manhã, o programa de enriquecimento ambiental do zoo foi específico para aquecer a bicharada.

Os macacos e as aves ganharam bolos temáticos de polenta e pinhão. Em alusão aos Jogos Olímpicos, a polenta retratou a bandeira do Brasil. Além do enriquecimento ambiental, a alimentação dos animais recebe reforço calórico. Pinhão, polenta, amendoim, bergamota e outros ingredientes integram o cardápio especial do inverno.

Pinhão e polenta na dieta dos macacos para reforçar as calorias para enfrentar o frio Foto: Halder Ramos/Gramadozoo

Os animais também são submetidos a atividades aeróbicas para movimentar o esqueleto. Para a loba-guará, a equipe técnica realizou uma atividade física: iscas com peixe foram espalhadas pelo recinto. “Os animais tendem a ficar mais encolhidos no frio. Realizamos atividades para que eles se movimentem em busca do alimento”, afirma a bióloga Tatiane Nunes, responsável técnica do Gramadozoo.

Das cidades brasileiras que possuem zoológicos, Gramado é a de inverno mais rigoroso. No entanto, o clima da região não interfere no conforto dos habitantes do zoo. Todos os recintos possuem áreas climatizadas para garantir qualidade de vida mesmo para espécies típicas de clima quente.

Segundo a bióloga, alguns animais ficam em ambientes especiais com aquecimento praticamente durante todo o inverno, como é o caso dos jabotis. No recinto das cobras, além de aquecedores, lâmpadas que emitem calor e até mecanismo para manter a água aquecida foram instaladas.

Iscas com peixe foram espalhadas para que loba-guará seja obrigada a se movimentar no frio Foto: Halder Ramos/Gramadozoo

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.