Publicidade
Notícias | Região Educação

Professores e pais de alunos de Esteio fazem carreata contra a suspensão das aulas

Justiça suspendeu atividades devido ao agravamento da pandemia de coronavírus

Por Jean Peixoto
Publicado em: 03.03.2021 às 16:06

Escolas particulares de Esteio fizeram carreata pela manutenção das aulas Foto: Divulgação
Trabalhadores de Escolas de Educação Infantil privadas, pais de alunos e professores realizaram uma carreata pelas ruas de Esteio na tarde de terça-feira (2). A ação ocorreu como forma de protesto contra a suspensão pela Justiça das aulas nas escolas públicas e privadas de todo o Estado. A determinação da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, divulgada na noite de domingo, resultou na abordagem de agentes da Polícia Civil na Escolinha For Kids, de Esteio, na tarde de segunda-feira (1º), solicitando o encerramento das atividades.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre o coronavírus

Gabriela Klein, 41, diretora da For Kids, conta que foi pega de surpresa e que, embora a abordagem dos agentes tenha sido respeitosa, os próprios pais dos alunos idealizaram o protesto, que teve início às 15 horas de ontem e reuniu cerca de 70 carros. "Fomos até a Secretaria Municipal da Educação, que é nossa parceira nessa luta pelas aulas. Fomos até a prefeitura e agradecemos o prefeito pelo apoio. Foi um movimento muito positivo porque o comércio de Esteio está parado. É uma fase da vida em que a não interação é muito pior que a exposição. Agora a comunidade viu que não vai ficar assim", ressalta a diretora.

Sindicato recorreu à Justiça

Atendendo ao pedido urgente de tutela movido pelo Sindicato dos Municipários de Esteio (Sisme), a 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou a suspensão das aulas presenciais nas escolas municipais de Esteio, enquanto estiver vigente o decreto de bandeira preta na Região 8 do Sistema de Distanciamento Controlado, da qual o município faz parte. A decisão também determina que a prefeitura se abstenha de ordenar o trabalho presencial nas escolas a todos os profissionais da educação, limitando este trabalho presencial ao mínimo necessário para o atendimento à comunidade escolar.

Aulas suspensas até sexta-feira

Em nota, a Prefeitura de Esteio ressalta que já havia determinado na segunda-feira (1º), antes da manifestação judicial, a suspensão, até a sexta-feira (5), de todos os atendimentos presenciais nas escolas municipais de Educação Infantil (EMEIs) e de Educação Básica (EMEBs). Vale ressaltar que as aulas não chegaram a ser retomadas nas escolas da rede municipal de ensino. O retorno em modo presencial estava previsto para ontem (1º), somente para os alunos da Educação Infantil, mas foi transferido para o dia 8 de março.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.