Publicidade
Notícias | Região Política

Câmara de Campo Bom avalia auxílio entre R$ 1,5 mil e R$ 4,5 mil a pequenas empresas

Projetos serão discutidos na sessão ordinária desta segunda-feira (13), quando serão apreciados ainda, pedidos de informação, moção e requerimentos

Última atualização: 11.07.2020 às 18:57

Auxílio financeiro a empresas, tratamento precoce ao coronavírus, inserção do tema da violência contra a mulher em disciplinas da rede municipal de ensino são alguns dos temas avaliados nesta segunda-feira Foto: Cássios Schaab/Assessoria de Comunicação
Nesta segunda-feira (13), a Câmara de Vereadores de Campo Bom terá importantes apreciações de matérias na ordem do dia. Auxílio financeiro a empresas, tratamento precoce ao coronavírus, inserção do tema da violência contra a mulher em disciplinas da rede municipal de ensino são alguns dos temas a serem abordados pelos parlamentares em projetos, moção de apoio, requerimentos e pedidos de informações.

A prefeitura protocolou na última semana mais 28 projetos que, em caso de aprovação, garantirão o auxílio do município às empresas da cidade em tempos de pandemia. Através do Programa de Geração de Emprego e Renda (PIGE), os empresários poderão receber auxílio no pagamento dos alugueis de seus estabelecimentos em até três parcelas.

Os auxílios variam entre R$ 1,5 mil e R$ 4,5 mil e são destinados à microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. Está será a terceira etapa de apreciação de projetos e, no total, os vereadores já autorizaram o auxílio desta natureza para 50 empresários.

Além do incentivo financeiro, os vereadores apreciarão projeto de lei protocolado pelo Poder Executivo para alteração de lei municipal que trata do plano de carreira dos integrantes da Guarda Municipal de Campo Bom.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.