Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Trânsito

Quebra-molas próximos da ponte do Rio dos Sinos, em Taquara, serão retirados pelo Daer

Retirada acontecerá após avaliação técnica da estrutura e a conclusão final dos serviços, que devem durar até terça-feira

Por Jauri Belmonte
Última atualização: 05.12.2019 às 14:42

polêmica: lombadas estão nos dois lados da estrutura Foto: Bruna Mattana/ges-especial

O Departamento Autônomo de Estradas de Estradas de Rodagem (Daer) informou nesta quinta-feira (5) que, após a conclusão das obras sobre a ponte do Rio dos Sinos, localizada na RS-020, em Taquara, o trânsito será liberado nos dois sentidos e as lombadas (ou quebra-molas), instaladas em agosto deste ano, serão removidas. Entre esta sexta (6) e a terça-feira (10), motoristas terão de usar desvios especiais devido ao bloqueio total do trecho no quilômetro 44.

Segundo a autarquia, os trabalhos no local vão durar cinco dias. O Daer garante, também, que a retirada dos quebra-molas acontecerá após avaliação técnica da estrutura e a conclusão final dos serviços, incluindo a desmobilização da empresa. O órgão ressalta, ainda, que as equipes permanecem no local para obras de finalização do reforço na área inferior da estrutura. 

Há mais de seis anos

 

Com a estrutura danificada desde 2013, por conta de uma enchente no Rio dos Sinos, a ponte ficou durante um bom tempo interditada de forma parcial. Durante um bom tempo, a travessia dos 97,5  metros ficou comprometida e permitiu a passagem de um sentido por vez, suportando apenas 24 toneladas. 

Monitoramento

Constantes registros de boletins de ocorrências, concomitantes às reclamações da comunidade, atestam um outro problema no local: a insegurança. Vários são os ataques de criminosos a motoristas que transitam entre Gravataí e Taquara, especialmente quando estes necessitam reduzir a velocidade para passar sobre a ponte. A reportagem do Jornal NH fez contato nesta manhã com a empresa TCA Informática, de Taquara, que, em parceria com a MattosNet (também da cidade) instalou quatro câmeras de monitoramento no local onde estão os quebra-molas. A infraestrutura foi custeada pelas empresas; a energia foi cedida pela prefeitura municipal.

 

vez quemotoristas que por ali passam e necessitam redulocal tem sido frequente alvo de bandidos

 

Obras sobre a ponte do Rio dos Sinoslocalizadana RS-020, em Taquara, devem durar até cinco dias. Com isso, o local que tem a estrutura danificada desde 2013 e, também, compromete o fluxo dos veículos que ali passam, comprometido o fluxo de veículos há, aproximadamente, seis anos

O local, que vive umaApós a conclusão da pavimentação da pista e das juntas de dilatação, o trânsito será liberado nos dois sentidos. Porém, as equipes permanecem no local para obras de finalização do reforço na área inferior da estrutura. Os quebra-molas serão retirados após avaliação técnica da estrutura e a conclusão final dos serviços, incluindo a desmobilização da empresa.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.