Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região

Como fica a partir de abril

Publicada: 02.11.2019 às 07:30

Motoristas que rumam ao sul pela BR-290 ou BR-448 vão ter um acesso livre, bem como quem faz o caminho inverso do sul rumo à região metropolitana e ao Vale dos Sinos, com a nova ponte. O Dnit estima um crescimento significativo na movimentação sobre a nova estrutura. Aproximadamente 50 mil veículos devem passar todos os dias por ela depois de concluída.

As obras na nova ponte do Guaíba não vão excluir a antiga, é bom dizer. A velha ponte vai continuar tendo o vão móvel içado para garantir a passagem dos navios rumo ao Polo Petroquímico de Triunfo e para as companhias de gás, em Canoas. A diferença é que, a partir da conclusão da nova, não será mais necessário que os motoristas trafeguem por ela. "Só vai passar pela ponte antiga quem quiser", conclui o Delmar Pellegrini, superintendente do Dnit.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.