Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Gravataí CRISE HÍDRICA

Mais de R$ 8 milhões serão investidos em ações de combate à seca no Rio Gravataí

Valor, que será liberado pelo Estado, estava congelado há dois anos e foi concedido após cobrança do Comitê Gravatahy

Publicado em: 24.01.2022 às 17:15 Última atualização: 24.01.2022 às 17:17

O Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CRH) confirmou um investimento de R$ 8,5 milhões para ações permanentes contra as secas no Rio Gravataí. Conforme o Comitê de Gerenciamento do Rio Gravatahy, esse valor estava há dois anos congelado pelo Governo do Estado e agora foi listado entre as prioridades para aplicação pelo Fundo de Recursos Hídricos e pelas secretarias estaduais de Meio Ambiente e da Agricultura.

Governo do Estado confirma investimento de R,5 milhões para ações na Bacia do Rio Gravataí
Governo do Estado confirma investimento de R,5 milhões para ações na Bacia do Rio Gravataí Foto: Juliano Piasentin/Especial
O projeto que deve ter maior investimento é o Programa de Revitalização de Bacias, orçado em R$ 5 milhões. “Esse programa, juntamente com o Atlas de Geração Hidrográfica, lidera nossa lista de prioridades de investimentos contra as secas”, afirma o secretário adjunto do Meio Ambiente, Guilherme de Souza.

A execução de mini barramentos ao longo do Rio Gravataí vai custar R$ 2 milhões e outros R$ 600 mil serão investidos em campanhas de conscientização sobre o uso da água. “O assunto finalmente entrou na pauta dos gestores do Estado. Os recursos nós já temos garantidos. Agora, o trabalho será direcionado em tirar do papel e fazer com que o governo estadual execute”, diz Sérgio Cardoso, presidente do Comitê Gravatahy.

O CRH garantiu também que há uma intenção de abertura de poços, cisternas e micro-açudes em todo o Estado. Na região do Rio Gravataí, estão previstas a aberturas de 20 poços tubulares em pequenas comunidades, com investimento de R$ 900 mil. "Não é uma discussão para evitar esta seca que estamos vivendo neste verão, é para garantirmos a sobrevivência do rio e a sua importância para toda a economia da região e o abastecimento humano nos próximos anos", completou Sérgio. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.