Notícias | Eleições 2020 Serviço

Cartório eleitoral divulga mudanças de zonas de votação

Mais informações podem ser obtidas com o Cartório da 143º Zona Eleitoral de Cachoeirinha pelo telefone (51) 3470-2437

Por Shállon Teobaldo
Publicado em: 16.10.2020 às 08:54 Última atualização: 16.10.2020 às 09:01

1º das eleições municipais acontece em 15 de novembro. Se houver 2º turno em Canoas, votação é no dia 29 Foto: FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ABR
Conforme o Cartório da 143º Zona Eleitoral, que atende a cidade de Cachoeirinha, as zonas 338, 339, 340, 341, 342, 343 e 344 foram transferidas do colégio São Mateus para a Escola Municipal de Ensino Fundamental Assunção. Eleitores que votam nesses locais devem ficar atentos para a eleição municipal 2020, que acontece no dia 15 de novembro, e definirá prefeito e vereadores para a cidade.

Além disso, as seções 13, 231 e 243 também mudaram. Neste ano, elas saem da Escola Municipal de Ensino Fundamental Papa João XXIII e vão para o colégio Maria Fausta Teixeira. Cidadãos com dúvidas podem entrar em contato com o cartório pelo telefone (51) 3470-2437.

Como consultar o local de votação

O TSE disponibiliza uma ferramenta online onde os eleitores podem consultar número de título, zona eleitoral e também o endereço da seção de votação. Para acessar as informações, o cidadão deve preencher nome completo, data de nascimento e nome da mãe. Além disso, também é possível obter o título digital por meio do aplicativo e-Título, disponível para aparelhos com sistemas operacionais iOS e Android. O e-Título ainda permite ao usuário checar o mapa com endereço e como chegar até seu colégio eleitoral.

As pessoas ainda podem tirar dúvidas pela Central do Eleitor do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), no site www.tre-rs.jus.br ou pelo telefone (51) 3294-8000. Denúncias de fake news durante o período eleitoral podem ser enviadas para desinformacao@tre-rs.jus.br ou pelo WhatsApp (51) 98463-9692.

Como justificar ausência na votação

Eleitores que estiverem fora de seus domicílios eleitorais no dia da votação precisam justificar a ausência para a Justiça Eleitoral. Em razão da Covid-19, a justificativa desta eleição deve ser feita pelo aplicativo e-Título até 14 de janeiro para não comparecimento no 1° turno e até 28 de janeiro de 2021 para 2º turno. Conforme o TSE, caso o cidadão não possua smartphone ou acesso à internet, o processo poderá ser feito, excepcionalmente, em qualquer seção eleitoral. A justificativa é válida apenas para o turno ao qual a pessoa não compareceu. Ou seja, se ela faltar os dois, precisa justificar separadamente.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.