Publicidade
Cotidiano | Motores Mercado

Honda WR-V recebe facelift leve

Concentrada na frente, atualização de design aumenta a diferenciação do modelo em relação ao irmão que o originou, o Fit

Por Adair Santos
Publicado em: 24.09.2020 às 05:00 Última atualização: 24.09.2020 às 07:52

Outra novidade na linha é a chegada da versão LX Foto: Divulgação/Fotos Divulgação

Primeiro carro a ser desenvolvido pela Honda do Brasil, o WR-V recebe leves mudanças visuais e a nova versão LX na linha 2021. O modelo também fica mais seguro, pois os controles de estabilidade e tração (VSA), assistente de partida em aclive (HSA) e alerta de frenagem emergencial (ESS) passam a ser de série em todas as configurações.

O facelift concentra-se na frente: são novas a grade e a área cromada, agora mais estreita. Há luzes diurnas em LED para todas as versões, mas os faróis em LED são apenas para a EX e a EXL. A traseira ganhou novo para-choque, que também é 6,7 cm mais comprido, e as lanternas agora são em LED.

Internamente, apenas mudanças nos apliques do painel Foto: Divulgação

Por dentro, não há novidades significativas. O painel recebe apenas atualizações nas cores aplicadas, com a utilização de friso do volante e molduras em black piano, com detalhes cromados. Um dos destaques do WR-V, assim como do Fit, é o sistema de bancos Magic Seat, que permite diversas configurações de assentos. Quanto à segurança, traz a estrutura de deformação progressiva ACETM (Advanced Compatibility Engineering). Na topo de linha EXL são 6 air bags. A LX chega por R$ 83,4 mil, enquanto a EX custa R$ 90,3 mil e, a EXL, R$ 94,7 mil.

Powertrain

O câmbio CVT e o motor não sofreram mudanças. O 1.5 i-VTEC FlexOne gera 116 cv com álcool e 115 cv com gasolina, bem como valores de torque de 15,3 kgfm e 15,2 kgfm. respectivamente.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.