Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Nova ponte do Guaíba

Free way deve ser liberada às 23 horas deste sábado após bloqueio para obra

Segundo a PRF, como trabalho fluiu bem e fim da interdição foi antecipado
09/02/2019 21:54 09/02/2019 21:57

Foto por: Divulgação/PRF
Descrição da foto: Obra da ponte sendo finalizada neste sábado
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou por volta das 8h30 deste sábado (9) que o trecho da free way (BR-290) bloqueado para as obras da Ponte do Guaíba deve ser liberado às 23 horas de hoje. A liberação da rodovia foi antecipada, segundo a PRF em função do bom andamento dos trabalhos. Inicialmente, a previsão de retorno ao fluxo normal era para as 14 horas de domingo.

Ontem e hoje e também no próximo final de semana, todas as pistas da BR-290 (free way), na altura dos quilômetros 94 e 95 (nas proximidades da Arena do Grêmio e entroncamento com a BR-448), sofreram bloqueio total. 

Durante todo o sábado, os motoristas que se deslocaram até a capital e vice-versa precisaram utilizar desvios orientados pela PRF e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) de Porto Alegre. Todo o trecho modificado foi bem sinalizado e agentes também trabalharam para orientação no local.

Alterações

As alterações no trânsito começaram às 17 horas da última sexta. O bloqueio total das pistas foi iniciado à meia-noite de sábado. O início da manhã deste sábado foi o período de maior complicação no trânsito. Ainda conforme a PRF não ocorreram congestionamentos por conta dos desvios, apenas pontos de lentidão.

As modificações também não prejudicaram aqueles que se deslocaram para cidades do litoral norte ou sul. Sem congestionamento, quem se deslocava do Vale do Sinos pela BR-448 para o litoral não sentiu os reflexos. Já quem precisava ir ao Centro de Porto Alegre precisou utilizar as Avenidas AJ Renner e Farrapos.


Quinto ano de trabalho

A nova ponte é essencial para o escoamento da produção do Estado pelo porto de Rio Grande e a mobilidade da região metropolitana, visto que os içamentos da estrutura atual causam congestionamentos. Iniciada em 2014, a primeira previsão de entrega era de três anos. Em 2017, a obra foi paralisada por falta de recurso e a expectativa que se tinha de conclusão até o fim de 2018 acabou comprometida. A nova data é o segundo semestre deste ano.

Fique atento no fim de semana que vem

A colocação de vigas também está prevista para ocorrer neste próximo final de semana, já com início na sexta-feira. O esquema, conforme o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a PRF, será o mesmo que ocorreu neste final de semana, inclusive os desvios.
Se o tempo colaborar, assim como ocorreu durante este último sábado, e o andamento da atividade for satisfatório, os órgãos não descartam a possibilidade do bloqueio total terminar antes das 14 horas também no próximo domingo.

Detalhes da obra

Quando concluída, a extensão prevista é de 12,3 quilômetros, sendo 5 quilômetros em acessos e 7,3 quilômetros em ponte sobre os canais navegáveis, elevadas e viadutos.
As pistas serão divididas por barreiras de concreto. O fluxo previsto é de até 50 mil veículos/dia.
Com 28 metros de largura e 40 metros de altura, a nova ponte terá cerca de três vezes a altura da atual, a Getúlio Vargas, que tem 12 metros de altura livre (distância entre o nível d’água e a parte inferior do vão móvel). Quando içada, a atual estrutura chega ao máximo de 35 metros.
O investimento já passou dos R$ 557 milhões, mas deve chegar à cifra de R$ 757 milhões até a obra ficar pronta, o que deve ocorrer no segundo semestre.

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE