Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Porto Alegre

Reunião discutiu a quitação de precatórios; Estado deve R$ 15 bilhões

Governador Eduardo Leite teve encontro com presidente do TJ-RS
08/01/2019 07:35

Foto por: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Descrição da foto: CONVERSA: Leite defende o repasse mensal de R$ 203 milhões
O pagamento de precatórios do Estado esteve em pauta na reunião entre o governador Eduardo Leite e o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro. Hoje, o valor é de cerca de R$ 15 bilhões. O governador, ao lado do procurador-Geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, pediu que o TJ-RS reconsidere proposta feita por provocação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que consiste em repasse mensal de R$ 203 milhões - ou seja, R$ 3 bilhões anuais - para quitação.

Entre os argumentos ao presidente do TJ, o governador explicou que o Estado está promovendo processo de compensação de precatórios com dívida ativa, envolvendo conciliação das dívidas com quem tiver débito com o Estado e crédito com precatórios. "Essa medida pode chegar a R$ 1,5 bilhão neste ano, e ajudaria a reduzir bastante nosso estoque", detalhou Leite.

O valor, acrescido dos R$ 600 milhões anuais, fará com que a meta de redução de um sexto do estoque, dividido em seis anos, seja atendida em 2019.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE