Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
EXCLUSIVO

Pelo Whatsapp, secretaria garantiu que pintor perdeu na Justiça

Processo movido por sócio da Sogil contra pintor, pela posse de terreno na Estrada dos Gravatás, ainda tramita. Em mensagens obtidas pela reportagem, porém, representante da Habitação garantia que "não deu em nada" o caso judicial.
10/07/2019 15:25

Foto por: Reprodução
Descrição da foto: Conversa pelo Whatsapp indica ao pintor que o seu caso na Justiça já estava resolvido
Notificado de que deveria deixar a casa, no começo de abril, Nerci Nunes entrou em contato pelo Whatsapp deixado pela secretária de Habitação, Luciane Ferreira. Argumentou que não acreditava estar em área de risco, mas “no terreno da Sogil”, e que tinha um processo em andamento sobre o caso. A resposta o surpreendeu:

MENSAGEM DE WHASTAPP

NERCI NUNES: … estou a 46 anos lá eu coloquei um advogado já teve a primeira audiência e não deu em nada estou esperando a próxima audiência
SECRETARIA DA HABITAÇÃO: Sim não deu em nada porque o senhor perdeu o processo… A juíza deu ganho para o Sr. Sérgio (Sérgio Tadeu Pereira)


O pintor voltou a dizer que estavam errados, e que a causa não estava resolvida na justiça. A resposta, outra vez, foi taxativa:

MENSAGEM DE WHATSAPP

SECRETARIA DA HABITAÇÃO: Nerci o município não tem na haver com o processo… Nós temos que retirar quem está na área de risco na beira da estrada.

Esta foi a primeira discussão entre o morador e, supostamente, a secretária. No dia do despejo, ele foi questionado se desistia da casa que já estava reservada no Breno Garcia — pela qual deveria pagar o financiamento já aprovado pela Caixa.

Foto por: Reprodução
Descrição da foto: No começo de abril, Nerci recebeu a notificação para deixar sua casa, e questionou pelo contato de Whatsapp da secretaria
Desde que teve a casa derrubada, e se negou a ir para o Breno Garcia, Nerci Nunes está vagando entre as casas de parentes. E o seu problema não é só o de encontrar um teto para morar. Ele ainda tenta recuperar o material perdido no desmonte da casa.

“Tinha makita, serra elétrica, um motor. Materiais que eu usava para trabalhar que sumiram. A secretária disse que tinham furtado a minha casa antes de derrubarem, mas não é verdade”, desabafa o pintor.

Há ainda uma geladeira, a pia e outros pertences mantidos desde o começo de maio em um galpão da secretaria, no Centro Administrativo Leste. Em maio, foi cobrado pelo mesmo whatsapp, em contato com a companheira de Nerci, para que “desocupasse o espaço” na sede da secretaria.

Foto por: Reprodução
Descrição da foto: No final de maio, Habitação cobrava que o pintor recolhesse seus pertences mantidos em um galpão na sede da secretaria
MENSAGEM DE WHATSAPP

SECRETARIA DA HABITAÇÃO: Quando vão buscar????
COMPANHEIRA DE NERCI: Vou ver… Pois os carretos são muito caros. Somos pobres e ficamos mais pobres depois que você destruiu nossa morada… Pagar aluguel não é fácil.
SECRETARIA DA HABITAÇÃO: Mais pobre??? Casa só foi desmanchada por que estava abandonada com risco de adentrarem… Precisam retirar até segunda da próxima semana… Vou informar o Ministério Público que vocês não retiraram ainda.
COMPANHEIRA DE NERCI: Isso faça teu trabalho. Assim como fãs em casas que tem moradores e você manda derrubar.
SECRETARIA DA HABITAÇÃO: Então posso dar as providências???? Vcs não tem interesse de retirada???
COMPANHEIRA DE NERCI: Vc retirou entregue

Os objetos permanecem armazenados no pátio da secretaria. Nerci Nunes pretende recorrer à Justiça para que o município o indenize, pelo menos, pelos objetos que desapareceram.

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE