Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Ainda sem pista

Polícia segue atrás do paradeiro de hamburguense envolvido na morte de pai e filho

Jovem da Vila Palmeira, no bairro Santo Afonso, fugiu com a namorada
25/04/2019 13:56 25/04/2019 13:58

Foto por: Reprodução/ Polícia Civil
Descrição da foto: Davi dos Santos Mello
Com a prisão de um dos suspeitos de matar pai e filho no assalto à Ótica Elaine, no Centro de Estância Velha, no último dia 10, a Polícia segue no encalce do comparsa. O paradeiro do hamburguense Davi dos Santos Mello, de 20 anos, não é conhecido. "Estamos trabalhando, mas nada ainda", afirmou no início da tarde desta quinta-feira (25) o delegado do caso, Márcio Niederauer. Sobre o motorista do City e do Focus usados na fuga, o delegado diz que não há novidades.

A vida do hamburguense no crime não era segredo, mas foi surpresa para vizinhos da Vila Palmeira, no bairro Santo Afonso, saber que ele está envolvido em latrocínio que chocou o Estado. "Quando vi as fotos no jornal, achei muito parecido, só que não queria acreditar. Depois começaram a aparecer por toda a parte, até na TV. Eu sempre aconselhei o rapaz a ser uma pessoa direita, trabalhadora. Pena que escolheu esse caminho", declara um familiar.

Parentes e vizinhos encontrados pela reportagem afirmam não saber onde está o suspeito. "Se mandou daqui com a namorada", comenta outro familiar, que revela temer pela vida do fugitivo. "Ele cometeu um crime muito grave. Então, se for pego na rua, pode ser morto pela Polícia. Todo mundo quer pegá-lo. Nós, da família, estamos preocupados. Queremos que pague pelo que fez na prisão e não morto."

Informações que possam ajudar a Polícia podem ser repassadas pelo telefone 3561-1110.

Foto por: Polícia Civil/ Divulgação
Descrição da foto: Rafael dos Santos Domingues
Depoimento 

Ontem, o titular da delegacia de Estância Velha interrogou Rafael dos Santos Domingues, 19 anos, preso na noite de terça-feira, em Portão. Ele usou do direito de permanecer em silêncio, por orientação dos advogados. Para os PMs, no momento da prisão, negou o crime. "Ele negou envolvimento no crime e disse que não conhece o Davi, mas não respondeu às perguntas mais sensíveis. Não quis colaborar no fornecimento de material genético, que deveria ser do interesse dele para comprovar a alegada inocência," À tarde, Rafael foi conduzido à Penitenciária Modulada de Montenegro.

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE