Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Latrocínio em Estância

Em coletiva, Polícia Civil confirma identidade de dupla foragida por morte de pai e filho

Cúpula da instituição divulgou fotos do hamburguense e do lepoldense procurados
22/04/2019 14:41 22/04/2019 15:06

Foto por: Juarez Machado/GES
Descrição da foto: Delegado de Estância Velha, Márcio Niederauer, diretora do Departamento de Polícia Metropolitana, delegada Adriana Regina da Costa, chefe de Polícia no Estado, delegada Nadine Anflor, e o diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Eduardo Hartz
Em coletiva à imprensa no Palácio da Polícia, em Porto Alegre, para falar do latrocínio (roubo com morte) de pai e filho em Estância Velha, na manhã desta segunda-feira (22), a cúpula da instituição confirmou as informações publicadas com exclusividade pelo jornalista Silvio Milani, do Jornal NH, na edição impressa e digital desta segunda. Expôs as fotos do hamburguense Davi dos Santos Mello, 20 anos, e do comparsa, o leopoldense Rafael dos Santos Domingues, 19, que estão preventivas com decretadas pelo ataque à Ótica Elaine, no último dia 10.

Participaram da coletiva a chefe de Polícia no Estado, delegada Nadine Anflor, a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana, delegada Adriana Regina da Costa, o diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Eduardo Hartz, e o delegado de Estância Velha, Márcio Niederauer. Os delegados frisaram que a investigação prossegue no sentido de prender os indiciados e também para identificar outros possíveis envolvidos.

Rafael Santos Domingues

De acordo com a investigação, Davi dos Santos Mello, 20 anos, já condenado por roubo à mão armada, e o amigo Rafael dos Santos, 19, também com antecedentes criminais, teriam fugido para o litoral.Na busca pelos criminosos, a Polícia Civil montou uma força-tarefa denominada Operação Inquietação.

Em poucos dias, foram recebidas mais de cem denúncias sobre possíveis envolvidos no crime, de acordo com o delegado Eduardo Hartz. A força-tarefa reuniu quatro delegados e 15 Agentes de Polícia do Vale dos Sinos. A Polícia liberou o número 3561-1110 para que a população possa repassar informações sobre o paradeiros dos criminosos.

Davi dos Santos Mello

A Polícia concluiu que os dois criminosos atiraram em Leomar Canova, 59 anos, e Luís Fernando Canova, 35 anos, durante o assalto à ótica da família. A dupla fugiu, levando R$ 350 mil em joias.A prisão preventiva dos dois foi decretada na última sexta-feira (19). Na semana passada foram feitas várias buscas pelos suspeitos, principalmente no Vale do Sinos, mas os dois não foram localizados.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE