Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Bangladesh

Estudante bengali morreu queimada por ordem do diretor da escola, diz polícia

Nusrat Jahan Rafi, de 19 anos, havia denunciado abuso sexual
19/04/2019 13:01

Uma estudante foi morta queimada em Bangladesh por ordem do diretor que tinha denunciado por abuso sexual, informou a polícia nesta sexta-feira (19). A morte de Nusrat Jahan Rafi, de 19 anos, na semana passada, provocou protestos em todo o país e levou o governo a prometer que perseguirá todos os responsáveis.

Rafi foi atraída para o terraço do seminário islâmico onde estudava, e seus agressores pediram para ela retirar a queixa que havia apresentado à polícia, denunciando um abuso sexual. Quando se recusou, ela foi banhada em querosene e queimada.

A polícia disse sexta-feira que uma das 17 pessoas presas em conexão com o assassinato - três delas colegas de turma de Rafi - acusou o diretor da escola de ordenar o ataque.

O diretor "disse a eles para pressionarem Rafi a retirar a queixa ou a matá-la se ela se recusasse", disse à AFP o superintendente da polícia Mohammad Iqbal, que conduz a investigação. 

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE