Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Na Arena

Com equipe mista, tricolor vence o Vasco na Arena

Grêmio poupou titulares no retorno ao Brasileirão e conseguiu a vitória
13/07/2019 18:53 13/07/2019 20:03

Foto por: Lucas Uebel/Grêmio
Descrição da foto: O NOME DO JOGO: o veloz atacante Pepê marcou o primeiro gol numa bela jogada de ataque e o segundo fez de cabeça
A retomada do Brasileirão pelo Grêmio foi com vitória, a terceira seguida na competição, e mais três pontos na tabela, o que coloca o Tricolor entre os dez melhores times da competição. Na noite deste sábado (13), na Arena, os comandados por Renato Portaluppi receberam o Vasco. Com time alternativo, o Grêmio venceu por 2 a 1, de virada e chegou aos 14 pontos. O nome do jogo foi o garoto Pepê, que marcou os dois gols.

O Grêmio entrou em campo imaginando o Vasco frágil que iniciou o campeonato. Subestimou o adversário e com um time alternativo pouco criou na etapa inicial. Até começou melhor, mas aos poucos foi cedendo espaços e, numa cobrança de escanteio, a zaga tricolor cometeu pênalti, cobrado aos 14 minutos por Pikachu, sem chances para Paulo Vitor.

Sentido que o time não reagia, o técnico Renato Portaluppi promoveu a primeira mudança ainda na etapa inicial. Colocou Everton no lugar de Rômulo e recuou Thassiano para proteger a zaga. Apesar da troca, as duas melhores chances da primeira etapa foram com o Vasco, desperdiçadas por Valdívia, que chutou por cima, e Richard, que concluiu, mas Paulo Victor abafou o lance e colocou a bola para escanteio. O Tricolor concluiu com Pepê e David Braz, ambos de fora da área, mas Fernando Miguel interceptou os dois chutes.

Polêmica

A segunda etapa começou com polêmica do árbitro de vídeo. Logo aos 24 segundos Pikachu fez 2 a 0, ao receber de Valdívia, entrar driblando na área e chutar na saída do goleiro gremista. Um golaço. Mas o árbitro de vídeo chamou atenção para a origem do lance e o juiz Rodolpho Toski Marques viu falta de Rossi no defensor do Grêmio. Anulou o gol e ainda deu cartão amarelo para o atacante vascaíno.

O Grêmio aproveitou a instabilidade do Vasco após o lance e foi para o ataque. Aos 15 minutos veio o empate pelos pés de Pepê. O atacante recebeu passe milimétrico de Luan, entrou na direita e na saída de Fernando Miguel completou para as redes. Aos 28 minutos o Vasco teve chances de voltar à frente do marcador, mas Paulo Victos salvou chute de Thales e no rebote Marcos Júnior desperdiçou, chutando para fora. Aos 40 minutos o gol da vitória. Leo Moura cruzou com perfeição e Pepê se antecipou ao zagueiro para fazer de cabeça.

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE