Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Crime

Bando dos homens aranha volta a atacar no centro de Gravataí

Saltando entre janelas e telhados, criminosos fizeram a limpa em loja de eletros na Rua Anápio Gomes, depois de invadirem salas de galeria. Foi terceiro ataque em seis meses.
15/04/2019 15:24 15/04/2019 17:01

Foto por: GES
Descrição da foto: Mostruários de televisores e notebooks foram esvaziados pelos bandidos
A trilha dos bandidos foi percebida na manhã desta segunda-feira (15) pelo estrago deixado por onde passaram, entre as ruas Anápio Gomes e Carlos Linck, no centro de Gravataí, e por uma característica peculiar: eles não se movimentaram pelo chão, tal qual o Homem-Aranha, movimentaram-se pelos telhados. Havia janelas, portas e um portão arrombadas, além dos furos nos telhados e até as grades dos fundos de uma das lojas atacadas durante o final de semana serradas. A quantidade de produtos furtados ainda é apurada pela polícia.

O principal alvo, acreditam os investigadores da 1ª DP de Gravataí, era a loja Benoit, onde os criminosos fizeram uma limpa entre televisores, notebooks, aparelhos de som e outros aparelhos eletrônicos. A gerência da loja não se manifestou sobre o roubo, e aguarda uma auditoria para ter o levantamento dos prejuízos, mas na tarde desta segunda, o estabelecimento abriu, e os mostruários de TVs LCD, notebooks e rádios automotivos vazios davam uma ideia do estrago. Foram pelo menos 25 televisores levados — R$ 20 mil só entre estes aparelhos.

"Estamos com a equipe mobilizada para vermos possíveis câmeras de monitoramento que possam ter registrado a ação ou alguma parte do percurso dos criminosos. Ainda é cedo para determinarmos quantos bandidos agiram ou se eles foram os mesmos de ataques anteriores. A investigação está em fase inicial", avalia o delegado Márcio Zachello.

Em outubro do ano passado, a mesma loja foi atacada do mesmo estilo. Algo que já havia acontecido também com outra loja de eletro-eletrônicos também vizinha à Galeria Santa Catarina meses depois.

Entre janelas e telhados

O primeiro lugar onde foi percebida a ação dos criminosos, já na manhã desta segunda, foi na galeria vizinha à loja. A polícia acredita que foi ali que a ação iniciou, como uma forma de acessar o telhado da loja onde havia os aparelhos eletrônicos. Acredita-se que eles tenham entrado na galeria por um telhado, arrombaram a sala da zeladoria e danificaram todo o sistema de armazenamento de imagens das câmeras de monitoramento, que também foram quebradas ou cobertas. A partir dali, iniciou a trilha de furtos.

Foto por: GES
Descrição da foto: Clínica foi arrombada para que os criminosos saltassem pelo telhado
Foram pelo menos seis salas arrombadas. Em uma loja de lingerie, algumas peças de roupa e dinheiro foram levados. A última parada dos bandidos na galeria teria sido a clínica Mãe Bebê, onde a porta foi arrombada e dinheiro foi levado do caixa. Eles saíram por uma janela e tiveram o caminho aberto, pelo telhado, até o ponto em que invadiram a Benoit por cima.

A suspeita é de que eles tenham carregado os produtos pelos fundos da loja, e invadiram o pátio de outra clínica, que teve o portão arrombado, na Rua Carlos Linck. Parte das grades que separam os terrenos da loja e clínica foi serrada.

Também na manhã desta segunda, foi constatado o arrombamento, com o furto de dinheiro de três caixas, na padaria Pão Vital, que fica a alguns metros da galeria e da loja de eletrônicos. Assim como nos estabelecimentos vizinhos, os bandidos invadiram pelo telhado, e pela segunda vez em poucos dias.

Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE