Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Educação

Proerd forma Centenas de crianças

Com o Aldeião lotado, Brigada Militar celebrou encerramento de ações com alunos da rede pública
06/12/2018 10:53 06/12/2018 10:53

Foto por: GES/Especial
Descrição da foto: Policiais militares visitam as escolas e passam ensinamentos aos pequenos
“Proerd é o programa. Proerd é a solução. Lutando contra as drogas, ensinando a dizer não.” Este foi o refrão repetido dezenas de vezes pelos alunos da rede pública de Gravataí que se formaram no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), ministrado pela Brigada Militar. A ação lotou o ginásio Aldeião na manhã de ontem e marcou o encerramento das atividades do segundo semestre deste ano.

Conforme o comandante do 17o Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Paulo Sérgio Balardini, afirmou na cerimônia que o programa visa construir valores de família, civismo, cidadania e meio ambiente. “Precisamos sempre falar dos perigos das drogas e fazer com que nossas crianças tenham contato com as coisas boas da vida.” Com isso, ele destaca que a corporação também estará “derrubando o mundo do crime”.

Antes da formatura, as crianças realizaram a tradicional caminhada do centro da cidade até o local do evento, acompanhados pelo Corpo de Bombeiros de Gravataí e a Banda Marcial Novo Milênio da Escola Professor José Linck. Também foram premiados com bicicletas e bolas os três primeiros colocados que participaram de um concurso de redação sobre temas inerentes ao Proerd.

Instrução para salvar vidas

A soldado Michele Carrasco foi a única mulher da corporação a participar do Proerd neste semestre. Ela trabalhou com sete turmas de uma escola. “O programa é fantástico porque com ele, ensinamos estas crianças a tomar decisões certas em situações de risco.”
Ela explica que para os menores, dicas como não aceitar nada de estranhos e como agir quando se sentirem perdidos em locais de grande movimentação, são muito importantes. “Estes são ensinamentos que eles devem levar para a vida toda e que temos certeza que mudam a realidade.”

Carrasco comenta que ao ver a quantidade de crianças beneficiadas na formatura, se sente gratificada. “Isso enche os nossos corações de alegria e mostra que podemos mudar realidades”, diz.

Primeira medalhista

Foto por: GES/Especial
Descrição da foto: Isadora Peixoto, 6 anos, foi a primeira medalhista
A primeira a ser chamada para receber a medalha foi a menina Isadora Peixoto, 6 anos. Ela está na pré-escola e é o orgulho da família. Ontem, a pequena estava acompanhada de sua avó, Ana Paula Oliveira. “Ela está muito feliz de participar do programa e ser o destaque a deixa ainda mais faceira.” Sorridente, Isadora falou que o que mais gosta é do leão (mascote) e da música. “Tô feliz de estar aqui."

A juramentista

Ao perguntarem quem sabia ler com desenvoltura, logo Allana Gomes, 10 anos, aluna do 5o ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Murialdo, levantou com entusiasmo o braço. Escolhida, ela foi a juramentista da cerimônia. “Fiquei muito feliz em poder ler para todos. Com tudo, aprendi que a gente não pode aceitar drogas nunca.”

Um pouco da história

 O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education (Dare), surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. No Rio Grande do Sul, a Brigada Militar iniciou o trabalho em 1998. Só em Gravataí, 10,2 mil alunos forma beneficiados com a ação e no RS, o número já passa de um milhão.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE