Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Brasileirão

Inter sai na frente mas sofre empate polêmico

Colorado ficou no 1 a 1 com o Vasco, no Rio
27/10/2018 00:10 27/10/2018 00:11

Foto por: Ricardo Duarte/Inter
Descrição da foto: Colorado volta a Porto Alegre com um ponto na bagagem
O Colorado foi ao Rio de Janeiro em busca de uma vitória que lhe colocaria bem próximo dos primeiros do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Odair Hellmann fez partida burocrática e de pouca inspiração no Estádio São Januário, contra o Vasco. Mas no segundo tempo, quando tudo se encaminhava para um empate sem graça, que travaria o time gaúcho em busca do título, o Inter largou na frente em lance feliz de Jonatan Alvez, que entrou na segunda etapa para marcar.

Os três pontos, que garantiriam uma distância de apenas dois pontos para o Palmeiras – que joga neste sábado no Rio contra o Flamengo – acabaram não se confirmando por conta de um lance polêmico no final da partida. Aos 44min, depois de não marcar falta em lance de ataque de Nico López, o árbitro Igor de Oliveira assinalou penalidade em cima de Kelvin, que entrou na área colorada e caiu após contato com o zagueiro Víctor Cuesta. A marcação gerou reclamações por parte dos jogadores do Inter, mas que não evitou a cobrança de pênalti, convertida pelo ex-gremista Maxi López. A confusão estabelecida no lance gerou cartões amarelos para Edenilson e Rodrigo Dourado, o segundo, suspenso da próxima partida contra o Atlético-PR, dia 4 de novembro, no Beira-Rio.

Expulsão e confusão

Depois do gol vascaíno e do apito final, a confusão se estabeleceu. A arbitragem foi cercada pelos jogadores do Inter que reclamaram de mais uma vez terem sido prejudicados com lance envolvendo o juiz – na rodada passada contra o Santos, o árbitro também proporcionou uma polêmica em lance crucial que poderia ter dado a vitória ao Inter.

Na confusão de ontem, Edenilson tomou cartão vermelho e também está fora da próxima rodada. O atacante Jonatan Alvez, autor do gol colorado e que havia levado o cartão amarelo após marcar o primeiro também está fora. Com o empate, o Inter volta para Porto Alegre com apenas um ponto e três desfalques para a próxima partida.

Vasco da Gama (1): Martín Silva; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Ramon; Willian Maranhão (Raul), Andrey, Fabrício (Thiago Galhardo), Yago Pikachu e Morrony (Kelvin); Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, D'Alessandro (Wellington Silva), Patrick e Rossi (Jonatan Alvez); Nico López. Técnico: Odair Hellmann.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE