Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Tricolor

Discurso para manter os pés no chão na Liberta

Renato garante que existe vantagem, mas que classificação ainda não está carimbada
24/10/2018 21:20 24/10/2018 21:21

Foto por: Lucas Uebel/Grêmio
Descrição da foto: Renato foi personagem importante na vitória gremista
Renato Portaluppi amarrou o técnico Marcelo Gallardo. Mesmo sob a pressão de mais de 60 mil torcedores no Montumental de Nuñez, em Buenos Aires, o treinador gremista fez a estratégia certa e voltou da Argentina com a vantagem no placar. O 1 a 0 conquistado na casa do adversário, porém, é tratado pelo próprio treinador como apenas uma vantagem. A classificação para a decisão da Copa Libertadores precisará ser confirmada na próxima terça-feira, quando será realizado o jogo da volta, às 21h45, na Arena.

“Sabíamos que encontraríamos dificuldades. Nos portamos muito bem desde o início. Ainda no intervalo dei parabéns e acabamos coroados com o gol do Michel, que nos dá uma pequena vantagem, mas importante. Jogamos contra o River e 60 mil pessoas. Lá teremos a Arena lotada. Já falei aos jogadores. O Grêmio não está na outra fase, mais 90 minutos, mas não devemos menosprezar este resultado”, disse o treinador em coletiva ainda em Buenos Aires.

FESTA NO RETORNO  
A delegação gremista desembarcou no Aeroporto Salgado Filho na tarde desta quarta-feira. Centenas de torcedores recepcionaram os jogadores e foram retribuídos com acenos e palmas por Renato e os atletas. Agora, antes da Libertadores, o Tricolor terá um compromisso pelo Brasileirão neste sábado, quando recebe o Sport, às 16h30, em casa. Para o embate decisivo da próxima terça-feira, a baixa garantida é do zagueiro Kannemann, que recebeu o terceiro cartão amarelo na Argentina e está fora. As dúvidas ficam por conta da participação de Léo Moura, Everton e Luan, que terão menos de uma semana para recuperar a condição física ideal.

Azuis

Não há mais ingressos disponíveis para a partida de volta das semifinais da Libertadores, terça-feira que vem, na Arena, em Porto Alegre.

De acordo com a administração da Arena, foram 20.920 ingressos vendidos, com projeção de 51 mil presentes na Arena. Se confirmar a expectativa, o público deve ficar próximo do recorde do estádio, de 55.337 presentes, registrado na final da Copa do Brasil de 2016, contra o Atlético-MG.

Com a vitória em Buenos Aires, o Grêmio precisa apenas de um empate para ir à final da Libertadores. O River precisa vencer por diferença a partir de dois gols para chegar à decisão, ou até um, desde que marque dois ou mais gols. Caso os argentinos vençam por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE