Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
Entrevista

Nutricionista esportiva explica os efeitos dos suplementos alimentares

Jéssica de Deus lembra que complementos não substituem a alimentação saudável e rica em nutrientes
21/09/2018 10:56 21/09/2018 11:00

Foto por: Divulgação
Descrição da foto: Whey é um dos suplementos mais usados por quem faz musculação
Em busca de resultados ainda mais positivos no exercício físico ou de um complemento nas refeições ingeridas diariamente, cresce a busca pelos suplementos alimentares. A opção é mais comum de quem pratica esportes, porém vale lembrar que suplementação não existe apenas para auxiliar o ganho de massa muscular. Na entrevista, a nutricionista esportiva Jéssica de Deus lembra também que em nenhum caso um suplemento substitui a alimentação saudável e rica em nutrientes.

Além do ganho de massa muscular, quais os demais usos dos suplementos?
Hoje no mercado existem diversos tipos de suplementos, tanto para atletas e praticantes de atividade física quanto para reposição de vitaminas e minerais, substâncias bioativas que auxiliam o metabolismo, o emagrecimento e saúde intestinal, como por exemplo os probióticos. Mas é importante lembrar que qualquer suplementação deve ser indicada e acompanhada por um profissional da saúde capacitado, como o nutricionista.

Foto por: Divulgação
Descrição da foto: Nutricionista esportiva Jéssica de Deus
Quais são, em geral, os principais componentes desses produtos? E qual a ação deles no organismo?
Existem diversos tipos de suplemento e cada um é composto por diferentes ativos. A seguir, estão os suplementos com mais evidência científica e os mais indicado na nutrição esportiva e emagrecimento.

Suplemento de proteínas: o uso de Whey Protein ou Blend de Proteínas auxilia no complemento da composição de aminoácidos da dieta. Para atletas e praticantes de atividade física, essa suplementação pode auxiliar no ganho de massa muscular unida a um plano alimentar saudável e voltado para este objetivo.

Creatina: formado também por peptídeos de aminoácidos, auxilia os atletas e praticantes de atividade fornecendo energia para o músculo e assim melhoria da performance esportiva e aumento da síntese muscular esquelética.

Ômega 3: Na deficiência do consumo de ômega 3 na dieta (através do consumo de peixes e linhaça, por exemplo) é aconselhável a utilização desta suplementação para melhorar o quadro inflamatório em pessoas com sobrepeso e obesas. Aumenta a sobrevivência de bactérias boas da flora intestinal, reduz a sobrevivência de bactérias negativas, auxilia na produção de metabólitos responsável pela regulação da pressão arterial e também na redução de gordura visceral e do colesterol.

Probióticos: bactérias benéficas que, quando suplementadas em quantidades apropriadas, trazem benefícios para a saúde intestinal do indivíduo. Os benefícios desta suplementação ocorrem quando há exposição desses microrganismos constantemente no intestino, estimulando o aumento das bactérias já existentes na microbiota intestinal.

Manipulados:
há uma diversidade de nutrientes e compostos bioativos que podem ser indicados em conjunto com o ajuste da dieta para melhorar sinais e sintomas, auxiliar na redução de peso corporal e ganho de performance. A escolha destes suplementos manipulados vai depender do exame e avaliação física, exames bioquímicos, sinais e sintomas e objetivo de cada indivíduo.

Sobre os produtos para ganho de massa: como é o efeito dele no nosso organismo?
Estes auxiliam na recuperação muscular, oferecendo aminoácidos para a reconstituição do músculo, após a lesão provocada pelo exercício de força e/ou resistência.

É mito ou verdade que, se usados por quem não pratica atividade, em vez de ganho de massa faz é engordar?
Em indivíduos que não praticam exercícios físicos de alta ou moderada intensidade, o uso pode não trazer nenhum benefício com relação ao ganho de massa muscular. Esse excesso de proteínas pode ainda prejudicar o perfil de bactérias do intestino e, como consequência, causar acúmulo de gordura corporal. Isso vai variar de indivíduo para indivíduo e da quantidade de proteínas que está sendo utilizada.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE