Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Tá na hora...

Tricolor precisa retomar o seu equilíbrio

Renato terá força máxima para duelos decisivos pela Copa do Brasil e Libertadores
08/08/2018 21:18 09/08/2018 06:38

Lucas Uebel/Grêmio
Técnico terá força máxima nos jogos decisivos
O prejuízo gremista após a empreitada na Argentina parece não ter sido tão grande. O gol salvador de Kannemann deu ao time de Renato Portaluppi fôlego para enfrentar o jogo de volta na Arena, dia 28 de agosto, e buscar uma vitória simples por 1 a 0 para se garantir nas quartas de final da Copa Libertadores. Será um novo jogo, com um Estudiantes com uma proposta totalmente diferente desta primeira partida. Em Porto Alegre, os adversários provavelmente irão promover a velha conhecida retranquinha e catimba hermana. E se quiser avançar, o Tricolor terá que manter a tranquilidade e não entrar na provocação dos adversários, característica que esteve evidente no primeiro duelo.

Antes disso, porém, o Grêmio entra em campo para disputa de partidas pelo Campeonato Brasileiro – com a equipe reserva – e Copa do Brasil – com os titulares. Ausência no jogo de terça-feira, Everton deverá estar em campo contra o Flamengo, na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. Tanto ele, quanto Luan, que deixou o jogo na Argentina com dores, estarão à disposição de Portaluppi.

A grande questão segue no setor de ataque. Será que o comandante gremista irá manter André na referência, ou irá optar por Jael? Independente da escolha, o Tricolor precisa recuperar o bom futebol e voltar a ter equilíbrio para se manter vivo nas competições prioritárias para o clube.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE