Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Bebida especial

Teve muita cerveja artesanal no final de semana do Shopping do Vale

Segunda edição do Festival da Cerveja Artesanal, que será mensal, reuniu cervejeiros da região
09/07/2018 10:13 09/07/2018 10:13


Diléa Fronza/GES-Especial
Festival reuniu cervejarias artesanais no final de semana
No sábado e domingo, o Shopping do Vale recebeu a segunda edição do Festival de Cerveja Artesanal. O evento, reuniu as cervejarias Fellas Beer, Cervejaria Mater, Cervejaria Combustivel, ProstBier Santa Cruz do Sul, Salva Craft Beer, The Chopp’s e
Cervejaria Notre-Dame e um grande público que compareceu para degustar os diferentes tipos da bebida que cada vez mais vem ganhando mercado.

Segundo Amanda Obst Comassetto, organizadora do evento, o objetivo é fazer com que a população da região conheça este tipo de produto. “Começamos com o festival em Porto Alegre e por lá ele já é bem popular. Queríamos dar a oportunidade para mais cidades da região conhecerem as cervejas artesanais sem precisar ir para a capital. Foi quando fizemos esta parceria com o Shopping do Vale e vem dando muito certo”, diz ela.
No Rio Grande do Sul são mais de cem cervejarias artesanais e o mercado vem crescendo bastante. “São em festivais como esse que a maioria divulga a sua marca e o produto, por isso vale a pena investir em ações como essa para que a população passe a apreciar e ter onde comprar”, acrescenta.

Na segunda edição, a ideia é que o festival seja realizado pelo menos uma vez por mês em Cachoeirinha, ampliando o número de expositores e também de consumidores.

O trabalho

As cervejarias que participaram do festival em Cachoeirinha são de diversas cidades gaúchas. Aretusa Poeta é representante de uma distribuidora de Canoas que comercializa uma cerveja de Estrela. “Esses festivais servem para cativar clientes. É um mercado que vem crescendo bastante e que está cada vez mais popular. É uma forma também de fidelizar o cliente à marca porque tendo eventos mensais eles podem vir e comprar a sua cerveja sempre”, diz.

Para Douglas Fisch, que também estava participando do festival, o público que não está acostumado, está conhecendo este tipo de cerveja. “Eles vêm pela curiosidade, experimentam, percebem o diferencial e voltam outras vezes. O mercado está crescendo bastante no Rio Grande do Sul e aqui na região metropolitana ainda está se formatando, por isso, quanto mais se falar da cerveja, mais pessoas irão conhecer”, garante.

Irmãos investiram no Vale


Diléa Fronza/GES-Especial
Irmãos Rodrigo e Rafael estão investindo em cerveja artesanal
A paixão por tomar cerveja artesanal fez os irmãos Rafael e Rodrigo Szarblewski, da Morada do Vale em Gravataí, transformar o gosto em trabalho. Em julho do ano passado eles fizeram as primeiras experiências na produção de cerveja artesanal. Em pouco mais de seis meses, o que era um hobby virou negócio. “O mercado está se ampliando e a gente participa de eventos como este justamente para fazer com que as pessoas conheçam mais”, diz Rafael. Ele afirma que na região, os produtores de cerveja estão se reunindo e querem formar uma associação de cervejeiros caseiros para que o produto seja ainda mais conhecido.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE