Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Motores

Nissan admite manipulação em testes de poluição de veículos fabricados no Japão

A empresa, entretanto, não informou o número de veículos envolvidos nem o período em que usou os métodos ilegais
09/07/2018 07:02 09/07/2018 07:03

Kazuhiro NOGI /AFP
Nissan admite manipulação em testes de poluição de veículos fabricados no Japão
A montadora japonesa Nissan reconheceu nesta segunda-feira (9) que falsificou os resultados dos testes de poluição com métodos de controle inapropriados na maioria das fábricas no Japão.

As medições relativas às emissões de gases poluentes e os testes de economia de combustível não aconteceram de acordo com o protocolo estabelecido e os relatórios de inspeção foram baseados em valores alterados, indicou a Nissan em um comunicado.

A Nissan, sócia da Renault, não informou o número de veículos envolvidos nem o período em que usou os métodos ilegais.

A pedido das autoridades, a Nissan foi obrigada, a partir de setembro, a revisar a forma como são ou foram testados seus veículos, depois de reconhecer que pessoas não certificadas haviam assinado alguns documentos de controle.

Durante a investigação interna, outras práticas inapropriadas fora reveladas e a empresa informou o ministério japonês dos Transportes antes de advertir a imprensa.

"Investigações exaustivas sobre os fatos descritos, que incluem as causas e os antecedentes deste tipo de má conduta, estão em curso", afirmou a montadora.



Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE