Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Polícia

Presos cinco suspeitos do triplo homicídio

Quinteto foi capturado no Cohab C com armas compatíveis com as utilizadas na matança
12/06/2018 12:45 12/06/2018 12:45

Foi rápida a resposta das forças de Segurança Pública à matança no Conjunto Habitacional PAC, no bairro Planaltina no final da noite de sexta-feira, 8. Na madrugada desta segunda, agentes do 17º Batalhão de Polícia Militar, em Gravataí, prenderam cinco homens armados em um Chevrolet Onix prata.

O bando tentava invadir uma residência na Rua União, bairro União. Informados da invasão em curso, policiais militares foram até o local, onde avistaram o carro. Quando perceberam a aproximação da viatura da Brigada Militar, os suspeitos partiram em fuga. Os PMs acompanharam o carro e conseguiram parar o veículo na Rua Antônio Bom, bairro Cohab C.
Com eles e dentro do Onix foram encontrados e apreendidos diversos armamentos: quatro pistolas (três de calibre 9mm, de diferentes marcas, e uma calibre .40), seis pentes de munição e mais de 200 projéteis de variados calibres, além de dois coletes balísticos, três camisetas com insígnia da Polícia Civil, cinco toucas ninjas e três smartphones. Também foram recolhidos R$ 395.

“São suspeitos, sim, do triplo homicídio no conjunto habitacional. A investigação já começou na sexta-feira, mesmo, e vamos identificá-los. Foram apanhados no mesmo carro descrito por testemunhas naquela noite, no local do crime. Parte das armas apreendidas pelos policiais militares também bate com o material encontrado, e será submetido a exames periciais”, disse o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa em Gravataí, delegado Felipe Borba.

Com ônix roubado

Os homens, um foragido de 31 anos e os demais com 25, 24 (dois suspeitos) e 20 anos, foram abordados e identificados. Todos têm ficha suja na polícia – os crimes incluem ameaça, furto, furto de veículo, homicídio, lesões corporais, porte ilegal de arma de fogo, posse de drogas, receptação, roubo a comércio, tráfico de drogas, violação de domicílio. O Ônix tripulado pelos cinco havia sido roubado na quarta-feira, em Porto Alegre, e já circulava com placas clonadas. Todos foram levados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento em Gravataí.

Segundo Borba, os cinco suspeitos pertencem a uma gangue rival que domina o bairro Planaltina, onde Paulo Ricardo Silveira da Silva, 55 anos, e os filhos, Leandro Oliveira da Silva, 33, e Alexandre Rocha da Silva, 30, foram mortos a tiros na Rua Leopoldo Lima. Depois do crime, o 17º BPM anunciou reforço no policiamento do local.

Quase faltando algemas

Além dos cinco presos, suspeitos de participar da matança no Planaltina, mais cinco suspeitos e três adolescentes foram detidos no fim de semana. Na madrugada desta segunda, policiais do 17° BPM, avisados pela sala de operações, avistaram um Fox vermelho na Rua Itacolomi que estava envolvido em outra ocorrência. Foram identificados três jovens, de 25, 21 e 20 anos, todos com antecedentes criminais, e um adolescente de 16 anos, sem antecedentes. Foram encontrados um revólver calibres .38 e uma pistola calibre .380, carregadores, munições, uma balança, 148 pedras de crack, seis pinos de cocaína e três smartphones.

No domingo, na Rua Bernardo Joaquim Ferreira, Parque dos Anjos, foi preso um rapaz de 20 anos e apreendido um adolescente de 17. Foram flagrados conduzindo um Chevrolet Meriva prata, roubado no dia 8. Depois dessa prisão, os PMs continuaram a buscar um terceiro indivíduo, que havia fugido. O adolescente foi localizado na Rua São João Batista e dedurou companheiros de crime: segundo ele, pertences da vítima e a arma utilizada no roubo do Meriva estavam na casa de um dos presos anteriormente. Na casa, os policiais recuperaram o estepe do carro, peças de roupas e um revólver calibre .38 com quatro munições.

Já na madrugada de sábado, na Estrada Otacílio Soares, bairro Capão Grande, em Glorinha, brigadianos do 17° BPM apanharam um homem de 36 anos (sem antecedentes criminais), com uma espingarda cal. 28 e 56 munições.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE