Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Brasileirão

Grêmio perde para o Palmeiras na Arena

Time de Renato Portaluppi foi superado pela equipe de Roger Machado, ex-treinador do Tricolor
06/06/2018 23:39 07/06/2018 00:17

Lucas Uebel/Grêmio
Grêmio recebeu o Palmeiras pela 10ª rodada do Brasileirão

O Grêmio não sentia o sabor da derrota na Arena faziam 15 jogos. E na noite desta quarta-feira, em um jogão de bola, o Tricolor foi superado pelo Palmeiras, por 2 a 0, e marcou passo na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O resultado também mostra a dificuldade dos gremistas em vencer em casa neste início de competição. Até o momento, dos cinco jogos disputados frente ao seu torcedor, o Grêmio venceu apenas um, empatou três e perdeu um. Com 16 pontos, a equipe fica estacionada na sexta colocação com o mesmo número de pontos do Inter e no próximo final de semana tem novo desafio na Arena. No domingo, às 16 horas, recebe o América-MG pela 11ª rodada.


Se os gremistas reclamavam da postura “retrancada” de seus adversários no Brasileirão, ontem não se ouviu falar deste assunto. Afinal, o técnico Roger Machado – que enfrentou o Tricolor pela primeira vez desde sua saída do clube, em 2016 – colocou a equipe em campo com uma proposta ofensiva para surpreender logo nos minutos iniciais. E foi assim que começou a partida, com o Palmeiras em cima e na base da pressão. Para se ter ideia, com apenas um minuto o atacante Willian já havia acertado um chute na trave da meta defendida por Grohe. O Grêmio deu o troco aos 16min, em chutaço de Leonardo de fora da área, que obrigou o goleiro Jailson a mandar para escanteio. Aos 37min, Willian novamente apareceu, encobrindo o goleiro do Tricolor em chute que acabou no travessão.

O cara
Mas o segundo tempo guardava um desfecho nada bom para os donos da casa. Apesar de iniciar a segunda etapa em alta voltagem, o Grêmio não conseguiu abrir o marcador. Foram chances com Lima, com menos de um minuto e Arthur, aos 7min, em cruzamento que terminou no travessão e quase surpreendendo o goleiro palmeirense.


Daí em diante brilhou a estrela do atacante Willian, responsável por substituir o goleador Borja, convocado pela seleção colombiana para a Copa. Aos 21min, depois de passe de Dudu, ele bateu de primeira no canto direito de Grohe, sem chances de defesa. O gol mudou a postura dos gremistas que tentaram agredir, sem sucesso. Aos 41min, quando o técnico Renato já havia aberto mão de algumas peças e colocado Pepê e Thonny Anderson, Willian marcou o segundo do Palmeiras e decretou a vitória dos paulistas na noite fria de Porto Alegre. Depois de um lançamento mal interceptado por Leonardo, ele avançou e bateu para marcar o seu segundo e dar a vitória para os visitantes.

Grêmio: Marcelo Grohe; Leonardo, Bressan, Kannemann e Cortez; Maicon (Jailson) e Arthur (Thonny Anderson); Lima (Pepê), Luan e Éverton; André. Técnico: Renato Gaúcho.

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Luan, Thiago Martins e Victor Luís; Bruno Henrique (Lucas Lima) e Felipe Melo (Thiago Santos); Hyoran, Moisés (Jean) e Dudu; Willian. Técnico: Roger Machado.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE