Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Após escândalos

Academia de Cinema dos EUA expulsa Bill Cosby e Roman Polanski

Cosby foi condenado por abusar sexualmente de uma mulher; Polanski é há quatro décadas foragido da justiça por fazer sexo com uma adolescente
03/05/2018 19:27 03/05/2018 19:31

AFP/AFP
Ator Bill Cosby e o diretor Roman Polanski
A Academia de Cinema americana informou nesta quinta-feira (3) que expulsou o ator Bill Cosby e o diretor Roman Polanski, ambos condenados por agressão sexual. A decisão foi tomada na última terça-feira (1º), numa reunião do conselho, e apoia-se "nas normas de conduta da organização", segundo um breve comunicado que não faz referência aos casos.

Em outubro, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas expulsou o produtor Harvey Weinstein em meio ao escândalo provocado por denúncias de assédio e abuso sexual.

Weinstein, Cosby e Polanski integram agora uma lista de apenas quatro membros da Academia expulsos.

Cosby, de 80 anos, foi condenado na semana passada por drogar e abusar sexualmente de Andrea Constand, de 45 anos, em janeiro de 2004, enquanto o diretor franco-polonês é há quatro décadas foragido da justiça americana por fazer sexo em 1977 com Samantha Geimer, quando ela tinha 13 anos de idade.

O aclamado cineasta chegou a se declarar culpado em troca da retirada das acusações mais graves, mas fugiu para a França convencido de que o juiz não respeitaria o acordo e o mandaria para a prisão.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE