Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Brasileirão

Inter quer agredir o Flamengo fora de casa

Goleiro Danilo Fernandes quer ver o time mais agressivo diante dos cariocas
02/05/2018 21:32 02/05/2018 21:33

Ricardo Duarte/Inter
Para o goleiro colorado, o time do Inter vem jogando bem e só precisa caprichar mais para fazer os gols
Depois de jogar bem, mas não conseguir colocar a bola na rede e ficar no 0 a 0 em casa com o Cruzeiro, o Inter deve ser mais agressivo contra o Flamengo. A projeção para a partida contra o atual líder do Brasileirão é do goleiro Danilo Fernandes. “A gente pensa jogo a jogo. Temos o Flamengo agora. É uma decisão. É mais um jogo difícil. Vamos adotar uma postura agressiva em busca do resultado. É o líder, mas estamos fazendo bons jogos. Temos totais condições de conseguir um resultado positivo”, afirmou o arqueiro, sobre o duelo marcado para as 16 horas de domingo, no Maracanã.

Para o goleiro colorado, a equipe trabalha para manter o padrão das atuações diante do Palmeiras e da equipe mineira, mesmo que os resultados não tenham sido positivos, o desempenho do Inter agradou. “Nós nos cobramos para repetir padrão de atuação contra Palmeiras e Cruzeiro. Fizemos dois bons jogos. Temos que manter regularidade. Estaremos muito mais perto de vencer. Criamos bastantes oportunidades de gol e não fizemos (contra o Cruzeiro). É continuar martelando que uma hora a oportunidade clara vai acontecer. Nós vamos criar”, projetou Danilo Fernandes, que reassumiu a titularidade da equipe do técnico Odair Hellmann após um período afastado por lesão.

“A cobrança interna é muito forte. O que temos que fazer de diferente é colocar para dentro. Estamos criando, só falta o gol”, apontou o camisa 1, que salientou a importância de se manter na parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro até a parada para a Copa do Mundo da Rússia, quando o time terá um mês para treinar. “Nestes 12 jogos até a parada para a Copa, precisamos ficar na parte de cima da tabela, para aí sim poder pensar em alguma coisa”, salientou. Em três jogos na competição, o Inter soma uma vitória, um empate e uma derrota.

VERMELHAS

Dentro de campo, o treinamento desta quarta-feira não deu indício do time que irá enfrentar o Flamengo no próximo domingo. O técnico Odair Hellmann ainda não deu pistas que quem ficará com a vaga de Edenilson, lesionado. Os principais candidatos à vaga são o volante Gabriel Dias e o atacante Lucca.

Para o jogo fora de casa contra o Flamengo, porém, o mais provável é que o treinador opte por Gabriel Dias. Assim, ele manteria a estrutura da equipe. A entrada de Lucca, faria Patrick atuar mais recuado e deixaria o time mais ofensivo, com três atacantes.

Outra dúvida para o confronto de domingo, pela quarta rodada do Brasileirão está na lateral-direita da equipe. Zeca, que chegou há poucos dias para reforçar o elenco, deve assumir a titularidade da posição. Resta saber se ele já será promovido à vaga de Fabiano neste domingo ou se ainda irá aguardar mais um pouco.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE