Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Após tuíte de Trump

Twitter não bloqueará contas de líderes mundiais

Post de Trump provocou críticas de que a rede social permite ameaças de violência
06/01/2018 10:58 06/01/2018 11:00

O Twitter anunciou na sexta-feira (5) que não bloqueará as contas de líderes mundiais diante da necessidade de promover o "diálogo público" sobre assuntos políticos, mesmo que implique em declarações "polêmicas". O anúncio chega poucos dias após um tuíte do presidente Donald Trump sobre o uso de armas nucleares por parte dos Estados Unidos provocar críticas de que a rede social permitia ameaças de violência.

"O Twitter está aqui para servir e ajudar no progresso do diálogo global e público. Os líderes mundiais eleitos desempenham um papel fundamental nestas conversações devido ao seu grande impacto em nossa sociedade", destacou o blog da empresa sediada na Califórnia. "Bloquear um líder mundial no Twitter ou eliminar seus tuítes polêmicos ocultaria informação importante que as pessoas devem ver e debater. Não silenciaria este líder, mas certamente bloquearia a discussão necessária sobre suas palavras e ações".

Twitter não fez referência específica a Trump ou ao seu tuíte sobre a Coreia do Norte. Na terça-feira, Trump afirmou no Twitter que seu botão nuclear era maior e mais poderoso que o dispositivo que o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, afirma ter. "O líder norte-coreano Kim Jong-Un disse que tem 'o botão nuclear sempre em seu escritório'. Alguém deste debilitado e famélico regime deve informá-lo que eu também tenho um botão nuclear, maior e mais poderoso que o dele, e que o meu botão funciona", tuitou.


Correio de Gravataí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE