Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

PUBLICIDADE
Baile

Idosos participam de Baile de Máscaras

Evento reuniu idosos participantes dos Cras Barnabé, Barro Vermelho, Centro e São Judas

Carlos Isidoro/Divulgação/Carlos Isidoro/Divulgação
felicidade: idosos se divertiram e socializaram durante a tarde
Ao som das antigas marchinhas de carnaval, cerca de 150 idosos dos grupos de convivência para a terceira idade dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), festejaram no 2º Baile de Máscaras. A ação é promovida em conjunto com os quatro Cras na cidade, através da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (Smfcas). O evento ocorreu na tarde desta terça-feira, no CTG Aldeia dos Anjos.

O baile reuniu idosos participantes dos Cras Barnabé, Barro Vermelho, Centro e São Judas. A festividade contou com a animação da banda Amigos do Cras Centro, formada exclusivamente por idosos que participam das atividades de convivência da unidade central. As máscaras usadas no evento foram confeccionadas pelos idosos.

A secretária substituta da pasta, Joice Michels, destacou que esse trabalho objetiva a prevenção de riscos os quais os idosos podem estar expostos, como isolamento e violência familiar. “Essas ações são de extrema importância na vida de cada idoso. A integração proporciona união, mais alegria e modifica o cotidiano saindo do isolamento social. O convívio com pessoas da faixa etária demonstra a valorização, pois todos fazem parte desse projeto e para eles trabalhamos”, pondera.

Vínculos fortalecidos

A coordenadora da proteção social básica da Smfcas, Sandra dos Santos, responsável pela atenção aos Cras do município, ressalta que o trabalho dentro das unidades com a terceira idade fortalece os vínculos de convivência, contribuindo para a relação familiar e social. “Os idosos sentem-se importantes com essas ações, fortalecendo seus vínculos com outras pessoas, também estimula a relação com todos ao seu redor pelas ações realizadas, a troca de experiência enriquece o dia a dia deles”, conclui. Além das atividades de integração, os Centros os idosos também contam com serviços de psicólogo, assistente social e educador social.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS