Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

PUBLICIDADE
Pela falta de água

Desconto na conta de água será menor

Agergs analisou recurso da Corsan e determinou mudanças nos valores em relação a primeira resolução

Agergs/
O conselho superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agergs) analisou na tarde de ontem o recurso requerido pela Corsan para que fosse revista a resolução 239/2017, que determinava desconto na conta de água de seis municípios gaúchos que sofreram com a falta de água entre o final de 2016 e o início deste ano.

Segundo o presidente da Agergs, Alcebiades Santini, os valores foram revistos e os conselheiros perceberam que havia a duplicidade em alguns dos cálculos feitos. “Em alguns momentos, por exemplo, havia falta de água em função de rompimento de adutora e falta de luz na estação de abastecimento. No cálculo inicial, havíamos colocado o tempo de forma dupla. Como aconteceu ao mesmo tempo, o desconto deve ser baseado em um período único e não dois”, explica.

Santini acredita que, mesmo diminuindo o desconto, foi feita a justiça. “Os usuários foram prejudicados e deveriam ser ressarcidos por tal. Agora cabe tanto a eles como à Corsan recorrerem à justiça, caso não concordem com os valores acordados nesta nova reunião”, alerta.

Corsan Não foi notificada

Através da sua assessoria de comunicação, a Corsan informa que ainda não foi notificada da nova resolução da Corsan e afirma que só irá se manifestar após a oficialização do comunicado.

Santini diz que a nova resolução deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado de hoje, quando passa a valer. A previsão é que os descontos nas contas de água sejam debitados na tarifa de março deste ano, na conta que chega aos consumidores com vencimento em abril. A Agergs vai fiscalizar o cumprimento da determinação.

Comunidade deve seguir fazendo denúncias

O presidente da Agergs lembra a comunidade da importância de seguir fazendo denúncias. “É nosso papel fiscalizar o serviço das prestadoras de serviços. Os moradores precisam ser nossos aliados e denunciar quando não estão sendo bem atendidos. Nós vamos seguir com o nosso papel de fiscalizadores, agora vendo se o desconto será dado da forma correta e também punindo se houverem novos problemas no abastecimento”, garante.

O contato com a ouvidoria da Agergs pode ser feito através do telefone 0800-9790066.

Reprodução/


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS